Rock in Rio se torna oficialmente Patrimônio Cultural Imaterial do RJ
Lei sancionada pelo governador Cláudio Castro reconheceu o Rock in Rio como Patrimônio Cultural
Artistas como Iron Maiden, Sepultura, Justin Bieber, Demi Lovato, Ivete Sangalo, entre outros, estão confirmados

24 de Março de 2022 - 12h05
De acordo com a lei sancionada pelo governador Cláudio Castro, o festival Rock In Rio foi declarado como Patrimônio Cultural Imaterial do estado do Rio de Janeiro. A confirmação veio através do Diário Oficial nesta quarta-feira (16).

“O Rock in Rio demonstra sua relevância para a cultura ao trazer artistas nacionais e internacionais, ícones de diferentes estilos e gerações e, além disso, ainda estimula a nossa economia”, disse o governador do Rio de Janeiro por meio de nota à imprensa.

A primeira edição aconteceu 1985 e ao todo já foram realizadas 20 edições, no Rio de Janeiro, Lisboa, Espanha e Estados Unidos. O idealizador do festival, Roberto Medina, celebrou o reconhecimento.

“Que bom que a Câmara dos Vereadores e a Assembleia Legislativa reconhecem que vale a pena essa história. É um impacto econômico de um bilhão e 700 milhões de reais e 28 mil empregos gerados enquanto estamos trabalhando. Me deixa orgulhoso e mostra também o compromisso que a gente tem com a cidade”, disse ele.

Rock in Rio 2022

A edição irá acontecer nos dias 2, 3, 4, 8, 9, 10 e 11 de setembro, no Rio de Janeiro, na cidade do Rock.

Artistas como Iron Maiden, Sepultura, Justin Bieber, Demi Lovato, Ivete Sangalo, Guns N’ Roses, Måneskin, Coldplay, Camila Cabello, Post Malone e Dua Lipa estão mais que confirmados no festival. Depois de esgotar a pré-venda, os interessados ainda poderão garantir os ingressos para os shows. O festival vai abrir um novo lote de ingressos no dia 05 de abril, às 19h.

Fonte: Terra


expediente|quem somos|fale conosco|política de privacidade





© 2017 News Oeste - Todos os Direitos Reservados ®