Índice Firjan aponta Santana de Parnaíba como a melhor gestão pública do Brasil
O município havia recebido o Prêmio Band Cidades Excelentes como o melhor em eficiência fiscal
O prefeito Marcos Tonho está dando continuidade ao projeto de desenvolvimento de Santana de Parnaíba

31 de Dezembro de 2021 - 14h46
A Federação das Indústrias do Rio de Janeiro divulgou os dados do índice Firjan de Gestão Fiscal 2021, onde Santana de Parnaíba ficou na primeira posição nacional com nota máxima em todos os indicadores.

Para chegar aos resultados do levantamento que avalia a situação financeira das cidades do país, foram levados em conta os indicadores de liquidez, gastos com pessoal, autonomia e investimentos de mais de 5.239 municípios.

A metodologia utilizada coleta os dados e classifica com notas entre 0 e 1, sendo possível mensurar a situação fiscal das cidades, já que quanto mais próximas de 1 as notas são consideradas mais satisfatórias. Além disso, o método ainda permite avaliar e traçar comparativos ano a ano de modo a identificar quais pontos precisam ser melhorados.

Outra possibilidade é classificar os municípios de acordo com as pontuações, sendo as cidades com notas de 0,0 a 0,4 pontos consideradas em situação “Crítica”, de 0,4 a 0,6 em “Dificuldade”, de 0,6 a 0,8 “Boa Gestão” e aquelas entre 0,8 e 1,0 em condição de “Excelência”.

A edição deste ano leva em consideração os dados de 2020; na anterior, com dados referentes a 2019, o município já havia se destacado com o primeiro lugar entre as cidades com mais 100 mil habitantes e uma nota de 0,9709.

Nos pilares de liquidez, que verifica a diferença entre restos a pagar acumulados no ano e os recursos em caixa para cobri-los no ano seguinte, e Gastos com Pessoal, que aponta quanto é o gasto com os colaboradores em relação ao total da receita corrente líquida, Santana de Parnaíba pontua com nota máxima desde 2018.

No quesito autonomia, que leva em conta a relação entre as receitas da atividade econômica do município e os custos para financiar sua existência, Parnaíba aparece com a nota máxima desde o início da série histórica da pesquisa.

O destaque fica por conta do indicador investimentos, que mede a parcela da receita total utilizada em benefício da geração de bem-estar à população e para melhorar o ambiente de negócios, onde a cidade evoluiu de 0,8835 para nota máxima.

O resultado do crescimento no indicador se deve principalmente às centenas de obras e projetos entregues à população nos últimos oito anos, como 23 novos colégios, mais de 25 equipamentos públicos de saúde, a tão sonhada maternidade, ponte sobre o Rio Tietê (construída com recursos 100% municipais), Estádio Municipal, Túnel em Alphaville, 6 complexos esportivos com piscinas, 5 novos campos municipais, o Centro Administrativo Bandeirantes, entre outras realizações que continuaram a ser feitas mesmo em um cenário de pandemia que derrubou a arrecadação em todo o país. Cabe ainda destacar que em 7 dos últimos 8 anos o IPTU permaneceu congelado.

Fora tudo isso, a prefeitura terminou o ano de 2020 com todos os recursos reservados para a construção do novo hospital com 200 leitos, que será totalmente custeado pelo município e teve as obras iniciadas no último trimestre do ano passado. O novo equipamento terá capacidade para realizar cirurgias de pequeno e médio porte, sediará a nova maternidade e Pronto Socorro Infantil, além de contar com toda a infraestrutura para atendimento das principais necessidades dos parnaibanos.


expediente|quem somos|fale conosco|política de privacidade





© 2017 News Oeste - Todos os Direitos Reservados ®