Santana de Parnaíba resgata história em mural de 462 m²
Painel do muralista Eduardo Kobra retrata o centro histórico, igreja matriz, casarões e o índio
Centro Administrativo Bandeirantes agora tem um mural de 462 m² pintado pelo grande muralista Eduardo Kobra

23 de Dezembro de 2021 - 08h19
O prefeito de Santana de Parnaíba, Marcos Tonho, nesta segunda-feira (20), inaugurou o novo painel artístico no Centro Administrativo Bandeirantes, sede da Prefeitura, que possui 462 metros quadrados e foi realizado pelo maior muralista do país, Eduardo Kobra, autor de diversas obras ao redor do mundo como Estados Unidos, Inglaterra, Itália, Espanha, Holanda, França, Japão, Suécia, entre outros países.

O mural foi pintado em cerca de 30 dias pelo artista e passa a ser uma das atrações turísticas do município. O painel retrata o centro histórico, com a igreja matriz, os casarões e a figura do índio Tibiriçá que remete ao surgimento de Santana de Parnaíba com as bandeiras no início do século 16. “Nós temos o maior centro histórico do Estado de São Paulo, são 229 imóveis tombados, espaço que está cada dia mais lindo, e agora nós temos um pedaço dele aqui no Centro Administrativo, com tudo que é moderno, valorizando a cultura e a história de Santana de Parnaíba”, lembrou o ex-prefeito Elvis Cezar.

“O índio Tibiriçá foi o primeiro índio catequizado pelos jesuítas, então, a história de Santana de Parnaíba começou com ele, pois ajudou os jesuítas a fundar São Vicente, depois o Planalto, São Paulo. Ele é o avô de Suzana Dias, que escolheu Santana de Parnaíba, às margens do Rio Tietê, como fazenda Parnaíba, que tinha um símbolo que falava fazenda das cachoeiras, portanto, nós estamos resgatando a história da nossa cidade”, lembrou o prefeito Marcos Tonho.

Kobra tem obras espalhadas nos cinco continentes, além de estar no livro dos recordes com o maior mural do mundo feito na fábrica de chocolates Cacau Show, na rodovia Castello Branco, com mais de cinco mil metros quadrados. “Esse projeto visa justamente resgatar e valorizar o patrimônio histórico e cultural que é algo que Santana de Parnaíba faz com total excelência. E durante esta imersão que eu fiz aqui nessa cidade, a pesquisa iconográfica e tudo mais, eu quis realçar alguns dos elementos que são icônicos, como a figura do índio que eu trouxe em primeiro plano, os casarões, a igreja, a ideia é criar interação, tudo feito com muito amor e carinho. A gente entregou o nosso melhor nessa obra”, comentou Eduardo Kobra.


expediente|quem somos|fale conosco|política de privacidade





© 2017 News Oeste - Todos os Direitos Reservados ®