Hospital Regional de Barueri será maior e mais moderno do Estado
Prefeito Rubens Furlan, vice-prefeito Beto Piteri, autoridades da região e do Estado, vistoriaram obra
Novo Hospital é fruto de um convênio entre a Prefeitura de Barueri e o governo estadual, assinado em agosto de 2019

30 de Abril de 2021 - 16h26
As obras do Hospital Regional Rota dos Bandeirantes estão chamando a atenção, tanto por suas proporções quanto pela agilidade com que estão sendo feitas. A construção teve início em outubro do ano passado e o objetivo é que seja entregue até o final de 2022.

Fruto de um convênio entre a Prefeitura de Barueri e o governo estadual, assinado em agosto de 2019, o hospital de alta complexidade será destinado à assistência de 1,8 milhão de moradores das sete cidades que compõem a região oeste da grande São Paulo: Barueri, Osasco, Carapicuíba, Jandira, Itapevi, Santana de Parnaíba e Pirapora do Bom Jesus.

Na manhã desta terça-feira (27), uma comitiva formada por autoridades estaduais e regionais visitou pessoalmente o local, juntamente com o prefeito de Barueri, Rubens Furlan, e seu vice-prefeito e secretário de Obras, Beto Piteri.

Rubens Furlan

“Isso era um grande sonho que está se transformando em realidade. A realização que mais me deixou feliz em toda a minha vida pública é a construção desse hospital. Não medi esforços. Eu, Marco Vinholi, a Bruna, o Piteri, os vereadores, os outros prefeitos, não medimos esforços, tanto é que nós colocamos R$ 104 milhões, mais o terreno e o projeto, para agora estamos aqui”, comemorou o prefeito Furlan.

Beto Piteri

“Já temos uma reunião marcada para segunda-feira pra adiantarmos o cronograma desta obra. É uma obra de estrutura metálica que já está sendo feita, então ela vai crescer rápido, e pela programação que nós estamos fazendo aqui, vamos, se Deus quiser, entregá-la no final de 2022. Em agosto agora essa obra já vai estar totalmente diferente, essa estrutura metálica já vai estar colocada, nós já vamos ver um prédio bem alto”, detalha o vice-prefeito e secretário de Obras de Barueri, Beto Piteri.

Bruna Furlan

“Há muito tempo nós trabalhamos para a conquista desse hospital regional, um hospital de alta complexidade que vai atender Barueri e a nossa região oeste. Reivindiquei junto ao governador e o secretário de Estado, Marco Vinholi, e antes mesmo do Doria ser eleito governador ele falou o seguinte: “se eu ganhar a eleição faço um Hospital Regional em Barueri porque eu sei da necessidade de mais leitos hospitalares para a região oeste”. E ele ganhou, cumpriu a palavra e hoje nós estamos aqui acompanhando as obras que estão avançando”, destacou a deputada federal, Bruna Furlan.

O maior hospital do Estado

O Hospital Regional Rota dos Bandeirantes terá capacidade para 1.100 internações e 580 cirurgias por mês. Serão 370 leitos, dos quais 50 de UTI e oito salas cirúrgicas, dentre várias outras alas específicas, além de parque tecnológico de última geração com acelerador linear, hemodinâmica e aparelhagem completa e digital.

Localizado na Avenida Aníbal Correia, 1445, no Jardim São Diego, em Barueri, o equipamento, que faz divisa com Carapicuíba e Jandira, está sendo erguido numa área de 64 mil m². O prédio terá 10 pavimentos, heliponto e 41 mil m² de área construída.

Marco Vinholi

“É uma obra fundamental para Barueri e toda a região, uma parceria do governo do Estado, com investimento de R$ 100 milhões, e também da Prefeitura de Barueri, com outros R$ 104 milhões. Uma obra que anda de forma acelerada, a gente veio fazer a vistoria e verificar esse andamento. Faremos vistorias a cada dois meses e trazer o próprio governador e o secretário estadual de Saúde. Estamos aqui imbuídos de entregar essa obra o mais rápido possível pra população”, afirmou o secretário de Desenvolvimento Regional do Estado de São Paulo, Marco Vinholi, que complementou: “quero parabenizar o prefeito Furlan, o vice-prefeito Piteri e toda a equipe da prefeitura, que tem tornado essa obra realidade de forma muito ágil”.

Prefeitos unidos

Também compareceram ao evento os prefeitos de Carapicuíba, Marcos Neves, de Jandira, Henri Sato, e de Pirapora do Bom Jesus, Dany Floresti. Todos ficaram satisfeitos com o avanço da obra, afinal, é de interesse de toda a região que o equipamento, que será o maior, mais moderno e bem estruturado de todo o Estado de São Paulo, fique pronto o mais rápido possível.

Marcos Neves

“A região sempre teve problemas de falta de leito e, hoje, com a vinda desse hospital, que já é realidade: são 370 novos leitos, uma ala de oncologia - a região sofre muito com isso, buscando hospitais fora daqui - e agora a gente tem um sonho realizado que vai realmente se concretizar. A região só ganha com isso, Carapicuíba principalmente”, destaca Neves.

Henri Sato

“Pra Jandira, em especial, como toda região, existem muitas demandas na área da saúde, principalmente na área de alta complexidade, como o tratamento de câncer, por exemplo, que exige grandes deslocamentos. Tendo uma estrutura como essa aqui, de altíssima complexidade, estruturada com centro de diagnósticos, com especialidades voltadas a esses tratamentos específicos, vai desafogar, de imediato, muitos centros em São Paulo e a pessoa da região vai ser tratada aqui”, pontua Sato.

Dany Floresti

“A gente chega até a se emocionar ao falar dessa obra. Cidades pequenas como Pirapora, com menos de 20 mil habitantes, não têm hospital, então a gente trabalha com a regulação do CROSS, e com certeza essa obra vai desafogar os grandes hospitais. Tenho certeza que com essa obra pronta as demandas serão liberadas muito mais rápidas e, consequentemente, haverá mais eficiência na remoção dos pacientes”, disse. O prefeito também fez questão de ressaltar o papel de Furlan nessa conquista. “Está de parabéns o prefeito Furlan pela iniciativa, o governador João Doria, por essa parceria com o Furlan, que é um grande prefeito, um líder pra nós aqui na região, e tenho certeza que vamos colher bons frutos dessa obra”, finalizou Floresti.


expediente|quem somos|fale conosco|política de privacidade





© 2017 News Oeste - Todos os Direitos Reservados ®