Doria abrirá escolas em fevereiro mesmo se casos de Covid subirem
Mais de 60% do território já tem atividades presenciais nas unidades de ensino
Mais de 60% do território já tem atividades presenciais nas unidades de ensino

21 de Dezembro de 2020 - 10h09
O governo do Estado de São Paulo anunciou, nesta quinta-feira (17), que manteve a volta das aulas presenciais para o ano letivo de 2021, no dia 1º de fevereiro, após análise criteriosa e orientação da Secretaria da Educação e do Centro de Contingência da Covid-19.

O decreto assinado pelo governador João Doria será publicado no Diário Oficial desta sexta-feira, 18. Ele autoriza a retomada das aulas em todas as fases do Plano São Paulo — até o momento, as unidades de ensino estavam autorizadas a abrirem, com critérios, a partir de um número determinado de dias na Fase 3 – Amarela. “O retorno vai acontecer de forma regionalizada, conforme critérios de segurança estabelecidos pelo Centro de Contingência”, disse Doria.


expediente|quem somos|fale conosco|política de privacidade





© 2017 News Oeste - Todos os Direitos Reservados ®