Pronampe:Caixa anuncia isenção da tarifa para abertura de crédito
Objetivo é garantir recursos para o estímulo e fortalecimento dos pequenos negócios
Objetivo é garantir recursos para o estímulo e fortalecimento dos pequenos negócios, além de manter os empregos

6 de Julho de 2020 - 20h16
O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, anunciou nesta segunda-feira (6) a isenção da cobrança de Tarifa de Abertura de Crédito (TAC) da linha de crédito para o Programa de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe). A tarifa vinha sendo efetivada no momento da contratação, como acontece com todos os produtos de crédito. Clientes que já efetivaram o contrato terão devolução efetuada pela Caixa em conta da empresa.

Criada para auxiliar as micro e pequenas empresas durante a crise do novo coronavírus, a nova linha oferece empréstimos de até 30% da receita anual registrada em 2019.  As contratações devem ser realizadas em até três meses a partir de 18 de maio, data de publicação da Lei n° 13.999/2020, podendo o prazo ser prorrogado por mais três meses.

Condições

Pelo Giro Caixa Pronampe, os financiamentos tem prazo total de 36 meses – sendo oito meses de carência para começar a pagar e financiamento em 28 parcelas. A taxa de juros anual máxima é igual à taxa básica de juros (Selic) + 1,25% ao ano. 

Público-alvo

A linha de crédito está disponível para todas as empresas com até R$ 4,8 milhões de faturamento anual.

Como solicitar 

Para contratar o financiamento, os clientes devem acessar o site da Caixa, no endereço www.caixa.gov.br/pronampe, preencher o formulário de interesse ao crédito e um gerente da região entrará em contato por telefone para ofertar o pacote de soluções financeiras do banco.

Balanço

Desde o início da pandemia do novo coronavírus, a Caixa já contratou mais de R$ 11,5 bilhões em linhas de crédito para as micro e pequenas empresas. Por meio do Programa de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe), foram contratadas mais de 18,3 mil operações de crédito, que somam mais de R$ 1,29 bilhão de reais.


expediente|quem somos|fale conosco|política de privacidade





© 2017 News Oeste - Todos os Direitos Reservados ®