Campanha procura voluntários para pesquisa contra Covid-19
Ação vai começar no estado de São Paulo, nas cidades de Guarulhos, Barueri, Sorocaba e Bauru
Ação vai começar no estado de São Paulo, nas cidades de Guarulhos, Barueri, Sorocaba e Bauru

2 de Julho de 2020 - 19h39
Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) vai realizar nos próximos dias a ação #500VoluntáriosJÁ, para encontrar pessoas que queiram participar do estudo clínico com o medicamento nitazoxanida. A procura acontece nas cidades de Guarulhos, Barueri, Sorocaba e Bauru, no estado de São Paulo (SP).

Segundo o Ministério, uma pesquisa do Centro Nacional de Pesquisa em Energias Materiais (CNPem), organização social vinculada ao MCTI, identificou que a nitazoxanida reduziu em 94% a carga viral em células infectadas “in vitro”. Essas duas etapas da pesquisa científica deram suporte para o início dos estudos clínicos com pacientes, a última fase, que busca comprovar cientificamente a eficácia deste remédio no tratamento precoce da Covid-19.

“Precisamos envolver 500 pacientes voluntários que se comprometam a iniciar o estudo e, após receber a medicação, retornem para os exames finais”, destaca o ministro do MCTI, Marcos Pontes.

“Queremos apresentar ao Brasil e ao mundo que este remédio identificado por pesquisadores brasileiros com recursos do governo federal é capaz de combater o vírus e salvar vidas”.

A mobilização #500VoluntáriosJÁ foi lançada nessa quarta-feira (1º), em Guarulhos. Nesta quinta-feira estão em Barueri, no Hospital Municipal de Baruer e na sexta-feira (3), em Sorocaba, na Santa Casa de Misericórdia de Sorocaba. Já na segunda-feira (6), em Bauru, no Núcleo de Saúde Geisel – Newton Bohin Ribeiro.

“Pessoas dessas cidades com síndrome gripal – febre ou fadiga ou tosse –, ou confirmação da Covid-19 que desejarem participar voluntariamente do estudo clínico aprovado pela Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Conep), venham e procurem o local de atendimento #500VoluntáriosJá”, diz o secretário Morales. “Você fará o teste diagnóstico RT-PCR e será acompanhado por 8 dias pela equipe médica, conforme protocolo”.

A ação #500VoluntáriosJá estará disponível para atendimento nos endereços abaixo e continua até a adesão de 500 voluntários. O teste é gratuito. É obrigatório o uso de máscaras para triagem e cadastro no estudo.


expediente|quem somos|fale conosco|política de privacidade





© 2017 News Oeste - Todos os Direitos Reservados ®