Parnaíba entrega Centros de Tratamento do coronavírus com UTI
Centros de tratamento possuem leitos exclusivos de UTI, semi-UTI e enfermarias
Centros de tratamento possuem leitos exclusivos de UTI, semi-UTI e enfermarias

15 de Maio de 2020 - 16h13
Desde o dia 07 de maio, a Prefeitura de Santana de Parnaíba, através da secretaria de Saúde, iniciou a entrega dos Centros de Tratamento ao Coronavírus. Inicialmente começaram a funcionar as unidades Fernão Dias, prédio onde funcionava a antiga Casa do Idoso, e da Vila Esperança, que foi construída para as atividades do CAPS no município. Além dessas, o Hospital de Campanha, instalado no recém-entregue Pavilhão de Exposições, ao lado da Arena de Eventos, também já está preparado para receber pacientes.

Ao todo, passam a funcionar imediatamente 20 leitos de UTI e 16 de semi-UTI no Fernão Dias para atendimento dos casos de alta complexidade, mais 44 leitos de baixa complexidade na unidade Vila Esperança e 74 no Hospital de Campanha ao lado da Arena de Eventos. A próxima etapa vai completar o objetivo inicial de criação dos 190 leitos próprios para o coronavírus, previstos para a cidade.

Além dessas medidas, a prefeitura já havia feito, no início deste ano, a contratação de 2.520 diárias de leitos de UTI na rede privada de hospitais, uma medida que se demostrou mais econômica para os cofres públicos e, com a chegada da pandemia no Brasil, se tornou uma importante solução para atendimento dos casos graves de outras doenças e enfermidades.

Ações Sociais

O prefeito Elvis Cezar (PSDB) decretou estado de calamidade pública e, desde então, tem tomado medidas de enfrentamento da Covid-19. Entre elas, ações preventivas como a distribuição de 80 mil máscaras de proteção entregues para moradores em diversos bairros do município para elevar a proteção daqueles que necessitam circular fora de suas casas; implantou o sistema de Teleconsulta médica que já atendeu milhares de pacientes por telefone; criou o disque medicamentos que entregou remédios para mais de 5 mil idosos em suas casas; iniciou a distribuição diária de marmitex para cerca de 15 mil alunos da rede pública; ampliou o projeto Crescer para atendimento de famílias em situação de extrema vulnerabilidade social e adotou diversas outras medidas que estão contribuindo para preservar a vida dos cidadãos.


expediente|quem somos|fale conosco|política de privacidade





© 2017 News Oeste - Todos os Direitos Reservados ®