O Rei do futebol: Pelé afirma que nunca pensou que seria grande
Pelé conta detalhes sobre as Copas que conquistou e faz um balanço lúcido da carreira
Pelé conta detalhes sobre as Copas que conquistou e faz um balanço lúcido da carreira

7 de Abril de 2020 - 18h34
O símbolo máximo da força do futebol brasileiro e um nome reconhecido em todos os cantos do planeta. Aos 79 anos, Edson Arantes do Nascimento, o Pelé, olha para a carreira e se emociona. “Eu nunca pensei que ia ser grande”, admite o “Rei do Futebol” a Reinaldo Gottino, em entrevista exclusiva para a CNN Brasil.

Em uma conversa franca, o ex-jogador resgata detalhes da infância e revela que ainda não era o Santos seu clube do coração naquela época, mas conta como uma feliz coincidência o levou à Vila Belmiro para ajudar formar um dos maiores times da história. “Lembro ainda hoje do meu pai me levando na estação de ônibus de Bauru para treinar”, recorda.

Pelé conta detalhes sobre as Copas que conquistou e faz um balanço lúcido da carreira, com memória muito viva para detalhar os tempos de jogador: elege o gol mais marcante, descreve a inusitada chegada aos Estados Unidos e fala até sobre a fama de “saber bater” em adversários.

O “Rei”, porém, não se prende ao saudosismo e exalta o futebol atual, inclusive o Flamengo de Jorge Jesus. Para ele, o jogo hoje é “mais difícil” do que o do passado, embora exista menos espetáculo.

A entrevista vai além do esporte e o ex-jogador não hesita em tratar sobre outros assuntos. Instigado por Gottino, aborda o racismo no futebol, sua passagem pela política, os rumores de que estaria com depressão e a situação das crianças no Brasil cinco décadas depois de seu discurso em defesa da infância — proferido logo após marcar seu milésimo gol, em 1969.


expediente|quem somos|fale conosco|política de privacidade





© 2017 News Oeste - Todos os Direitos Reservados ®