Programa CBF Social de Barueri se torna referência no Estado
No CBF Social, em parceria com a Prefeitura de Barueri, há 200 alunos matriculados
No CBF Social, em parceria com a Prefeitura de Barueri, há 200 alunos matriculados

28 de Setembro de 2019 - 11h55
O exemplo de Barueri na política de esportes continua repercutindo em todos os cantos do Brasil. Que o digam o secretário de Educação, Bruno Caetano, e o secretário-adjunto de Esportes, Thiago Lobo, ambos da capital paulista.

“Soubemos do projeto CBF Social através do Walter Feldmann, [secretário-geral] da CBF, e viemos conhecê-lo para implantação em nossa cidade”, informou Bruno Caetano. “Nosso objetivo não é formar atletas e sim, cidadãos”, ressaltou Tom Moisés, secretário de Esportes de Barueri.

No CBF Social, em parceria com a Prefeitura de Barueri, há 200 alunos matriculados. É o segundo município do país a ter o projeto funcionando. Os alunos vão à sede do projeto (Complexo Esportivo da Vila Porto) diariamente no contraturno escolar para receber instruções de orientadores formados pela entidade máxima do futebol brasileiro.

Além do próprio Walter Feldmann, já estiveram em Barueri visitando a infraestrutura desportiva representantes de Campos Jordão (SP), Natal (RN), Lagarto (SE), Ibitinga (SP) e também das Secretarias de Esportes dos estados do Rio de Janeiro e de São Paulo, dentre outros.



expediente|quem somos|fale conosco|política de privacidade





© 2017 News Oeste - Todos os Direitos Reservados ®