Furlan visita pacientes no novo Centro de Diagnósticos de Barueri
Com 18 mil m² de terreno, o Centro de Diagnósticos possui três pavimentos
Dentre as principais tecnologias de última geração destaca-se a Tomografia Computadorizada

2 de Setembro de 2019 - 17h03
O prefeito de Barueri, Rubens Furlan, e o governador de São Paulo, João Doria, ambos do PSDB, entregaram na última sexta-feira (23), as obras de construção do moderno Centro de Diagnósticos “Maria Mariano Meneghin”, localizado na Avenida Pastor Sebastião Davino dos Reis, 786, na Vila Porto, próximo ao HMB.

No evento, os gestores também anunciaram uma parceria entre Barueri e o Estado para a construção do novo Hospital Regional. A deputada federal Bruna Furlan, o deputado estadual Cezar, prefeitos, vereadores, secretários e representantes de diversas cidades participaram do evento.

Nesta segunda-feira (2), Furlan foi até o local visitar pacientes e conferir de perto a prestação de serviços do novo equipamento de Saúde da cidade.

“Estou realizando um grande sonho, a minha vida inteira eu lutei pela Saúde da população mais pobre da nossa cidade e da nossa região. Hoje eu estou vendo todos os meus sonhos, todas as minhas lutas, transformadas em realidade. Estamos inaugurando o Centro de Diagnósticos, aqui terão os equipamentos mais modernos do país pra fazer os exames necessários pra recuperar a Saúde do nosso povo. Tudo isso foi uma luta muito grande minha e do meu vice-prefeito Roberto Piteri que tem me ajudado muito”, comentou Rubens Furlan.

“A Saúde de Barueri está de parabéns e, Furlan, o seu coração, a sua razão e a sua emoção têm razão de ser, porque nada mais importante, além do emprego e da educação pra população mais carente, mais desvalida, é a saúde. E você aqui dá um exemplo de qualidade de Saúde”, disse João Doria. “Estamos oferecendo para a população da região o que há de melhor na saúde. É assim que se faz um bom governo: com atitude, iniciativa, amor e capacidade de olhar e compreender a necessidade de todos”, finalizou.

Atendimento

Com a proposta de ser referência, comparando-se aos laboratórios Fleury e Albert Einstein, a unidade de Saúde construída pela atual gestão pela Prefeitura de Barueri ofertará gratuitamente mais de 45 tipos de exames. Estima-se que o espaço realizará mais de 38.700 exames de imagens e cerca de 407 mil exames laboratoriais por mês. O equipamento funcionará de segunda à sábado, das 7h às 19h, com exceção dos exames de polissonografia, que serão realizados durante à noite, e do laboratório, que funciona 24 horas.

Estrutura

Com 18 mil m² de terreno, o Centro de Diagnósticos possui três pavimentos. No térreo, além da entrada com ampla área de recepção e atendimento de pacientes com baias individualizadas, há três alas importantes: o Centro de Radiologia e Ultrassonografia, o Centro de Ressonância Magnética e o Laboratório de Análises Clínicas.

O primeiro piso possui o Núcleo de Saúde da Mulher, que trará mamógrafos digitais e em 3D, densitometria óssea, colposcopia, ultrassom com elastografia de mama e a possibilidade de realizar biópsias no mesmo dia nos casos mais graves. Uma ala voltada especialmente à oftalmologia e otorrinolaringologia. Centro de Diagnósticos do Aparelho Digestivo, como endoscopia, colonoscopia, área de assistência social e psicologia, assim como a área para exames diversos, como de sangue e urina adulto e infantil.

O segundo e último piso abriga a área administrativa, o Laboratório de Anatomia Patológica e Citopatologia, além da ala de cardiologia, neurologia e polissonografia, aonde serão disponibilizados equipamentos de ultrassom próprios para exames do coração, ECG, EG, EMG, doppler, holter, MAPA, função cardiopulmonar, esteira ergométrica, eletroneuro, estudo do sono, dentre outros exames.

Tecnologia

Dentre as principais tecnologias de última geração destacam-se a Tomografia Computadorizada, Ressonância Magnética, Raio-x digital, Raio-x telecomandado (que mostra movimentos), Densitometria Óssea, Mamógrafo Digital e também com tomossíntese (tecnologia em 3D) e diversos aparelhos de Ultrassonografia Digital, inclusive para exames específicos de saúde da mulher e os cardiológicos.

Hospital Regional referência em cardiologia e oncologia

A construção do novo Hospital Regional de Barueri terá investimento total de R$ 190 milhões. O Governo do Estado vai aplicar R$ 140 milhões, e os outros R$ 50 milhões serão de responsabilidade da Prefeitura. A unidade terá 35 mil m² e será referência em assistência de alta complexidade para mais de 1,8 milhão de habitantes dos sete municípios da Rota dos Bandeirantes: Osasco, Carapicuíba, Barueri, Jandira, Itapevi, Santana de Parnaíba e Pirapora do Bom Jesus.

O hospital será referência em cardiologia, com serviço de hemodinâmica para realização de procedimentos complexos nesta área. No total, serão 320 leitos, sendo 50 de UTI, além de oito salas cirúrgicas de grande porte. A área de pacientes oncológicos também contará com 20 cadeiras para tratamento de quimioterapia. Haverá ainda um ambulatório robusto, com estrutura para diagnóstico e acompanhamento especializado.

O carro-chefe será a assistência na área de oncologia, com tratamento, cirurgias e sessões de quimio e radioterapia. A capacidade estimada de atendimento nesta área é de 2,6 mil novos casos de câncer – incluindo mama, ginecologia e urologia, entre outros – e realização de duas mil cirurgias oncológicas anualmente. A previsão é que a obra seja iniciada ainda neste ano e entre em funcionamento no primeiro semestre de 2022.

O hospital ofertará internações e cirurgias e estima-se que tenha capacidade para realizar, em média, 1,1 mil internações mensais, sendo 580 cirurgias. O parque tecnológico será equipado com aparelhos modernos como acelerador linear, hemodinâmica, tomógrafo, ressonância magnética, mamógrafo e radiologia digital.



expediente|quem somos|fale conosco|política de privacidade





© 2017 News Oeste - Todos os Direitos Reservados ®