Brasil e Peru vão disputar a grande final da Copa América
Brasil e Peru vão disputar a final da Copa América no próximo domingo, às 17h, no Maracanã
A competição chega à fase final com 13 jogadores dividindo a artilharia

6 de Julho de 2019 - 11h59
O Brasil já sabe quem será o seu adversário na grande final da Copa América, e trata-se de um velho conhecido: o Peru, que na fase de grupos chegou a perder de 5 a 0 para os comandados de Tite e só se classificou como terceiro do grupo, atrás da Venezuela. Mas a preocupação para evitar qualquer tipo de oba-oba é grande, tanto que os jogadores da Seleção pregam respeito aos peruanos, que surpreenderam a todos ao despachar o Chile por 3 a 0 na semifinal.

Em entrevista na tarde desta quinta-feira (4), antes do treino na Granja Comary, Everton Cebolinha foi questionado sobre o adversário na final, disse ter assistido ao jogo dos peruanos e chilenos na Arena do Grêmio e considera que o adversário está bem diferente da goleada na fase de grupos.

“Principalmente na maneira de jogar. Assistindo ao jogo de ontem, avaliando, é um time que tocou bastante a bola, posse de bola, e foi bem efetivo no ataque. Na chance que eles tiveram, fizeram os gols. Creio que vai trabalhar em cima disso pra neutralizar os pontos fortes”, comentou.

FICHA TÉCNICA DO JOGO

BRASIL x PERU

Local: Maracanã

Data e horário: domingo, às 17h (de Brasília)

BRASIL: Alisson, Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva e Alex Sandro (Filipe Luís); Casemiro, Arthur e Coutinho; Everton, Gabriel Jesus e Firmino.
Técnico: Tite

Reservas: Ederson, Cássio, Fagner, Militão, Miranda, Filipe Luís (Alex Sandro), Fernandinho, Allan, Paquetá, David Neres e Richarlison

PERU: Gallese, Advincula, Zambrano, Abram e Trauco; Tapia, Yotún, Carrillo, Cueva e Flores; Guerrero.
Técnico: Ricardo Gareca

Reservas: Caceda, Álvarez, Corzo, Santamaría, Callens, Pretell, Ballón, Gonzales, Polo e Ruidiaz

Desfalques: Willian (Brasil, lesão muscular na coxa direita) e Farfán (Peru, lesão no joelho esquerdo)

Arbitragem: Roberto Tobar, auxiliado por Christian Schiemann e Claudio Rios (todos do Chile); VAR: Julio Bascuñan (Chile), auxiliado por Nicolas Gallo e Alexander Guzmán (Colômbia)




expediente|quem somos|fale conosco|política de privacidade





© 2017 News Oeste - Todos os Direitos Reservados ®