Najila presta depoimento e diz que não sabe onde está o celular
O advogado também afirmou que pode pedir uma acareação com Neymar
Ela disse que não entregou o celular com as possíveis imagens da agressão por que não sabe onde ele está

19 de Junho de 2019 - 09h23
A mulher que acusa o jogador Neymar de estupro prestou novos depoimentos à polícia e ao Ministério Público. Ela disse que não entregou o celular com as possíveis imagens da agressão por que não sabe onde ele está.

Segundo o advogado da modelo, Cosme Araújo: “Ela disse onde ficou o celular, ou no carro do ex-advogado ou na casa onde ela esteve depois no dia que ela esteve aqui”. Curiosamente, a informação do possível sumiço só veio a público após determinação da Justiça de que Najila entregasse o telefone para a polícia.

O advogado também afirmou que pode pedir uma acareação, ou seja, solicitar o confrontamento entre as testemunhas.

“Nos queremos buscar a verdade. Não é a verdade real, porque não existe a verdade irreal. Apenas a verdade”, comentou Araújo, seguindo uma linha de raciocínio característica da ex-presidente Dilma.

O representante de Najila também comentou sobre o estado emocional de sua cliente: “é de uma pessoa que já morreu, morreu e só falta deitar”.

Apesar do aparente entusiamo do advogado que assumiu o caso, o depoimento de Najila parece cada vez menos factível para os que acompanham a saga.



expediente|quem somos|fale conosco|política de privacidade





© 2017 News Oeste - Todos os Direitos Reservados ®