Pesquisa MAS aponta Corinthians com maior torcida na Grande SP
Ao todo, o Instituto entrevistou 1.023 pessoas na capital e na Região Metropolitana de São Paulo
A média de idade dos que preferem a equipe mosqueteira está entre 25 a 34 anos (31,7%)

26 de Abril de 2019 - 09h26
Corinthians e São Paulo disputaram, no último domingo (21), o último jogo da final do Campeonato Paulista de Futebol e o Timão venceu por 2×1 com gols de Danilo Avelar e Vagner Love, conquistando o seu 30º título, três deles consecutivos. Mas, se dependesse de torcida, a equipe do Parque São Jorge seria campeã todos os anos. Isso porque a equipe da zona leste foi apontada como a de maior preferência entre a população paulistana, de acordo com um levantamento feito pelo Instituto MAS Pesquisa.

Ao todo, foram entrevistadas 1.023 pessoas na capital e na região metropolitana do Estado, entre os dias 2 e 3 de outubro do ano passado. Cinco times foram citados pelas pessoas que responderam o questionário durante abordagem e, entre eles, 28,3% mencionaram o Corinthians como a sua equipe de preferência. Na sequência aparece o Palmeiras, com 14,4%. O São Paulo ficou em terceiro lugar sendo citado por 12,7% das pessoas, e o Santos em quarto, com 8,1%.

O Flamengo, time carioca, foi citado por 3,4% dos entrevistados como equipe de preferência. Apesar de o futebol ser o esporte de maior adesão nacional, a maioria dos entrevistados, 31,3%, alegou não torcer por nenhum time. Equipes diversas foram citadas por 1,8% das pessoas.

Estratificação

Além do time de preferência, a pesquisa fez recortes quanto ao gênero, nível de escolaridade, idade e religião durante a abordagem. Constatou-se que entre os entrevistados que informaram não torcer para nenhuma equipe de futebol, a maioria são mulheres (38,9%).

Ainda neste quesito, entre os que não apontaram nenhuma equipe de preferência, 42,4% tem nível de escolaridade primário e 37,3% são evangélicos. Do total, 36% tem mais de 60 anos. Já entre os torcedores do time de maior preferência, o Corinthians, a maioria é mulher (29%). A média de idade dos que preferem a equipe mosqueteira está entre 25 a 34 anos (31,7%). Sem instrução (50%) e sem religião definida (36,5%) também são maioria no recorte. A margem de erro do levantamento da MAS Pesquisa é de 3%.





Deixe seu comentário



expediente|quem somos|fale conosco|política de privacidade





© 2017 News Oeste - Todos os Direitos Reservados ®