Corinthians fecha parceria com IBM e terá biometria para torcedor
A ideia dessas câmeras é dar um retorno à comissão técnica sobre o rendimento de cada atleta
A ideia dessas câmeras é dar um retorno à comissão técnica sobre o rendimento de cada atleta

22 de Dezembro de 2018 - 09h57
O Corinthians fechou uma parceria com a IBM, que agora será responsável pela gestão do programa de sócio-torcedor do clube. A empresa fará implementação de uma transformação tecnológica na arena, incluindo biometria para torcedores nas catracas.

A parceria terá duração de dez anos e a empresa norte-americana do setor de informática deve investir R$ 12 milhões em infraestrutura, que irá desde a instalação de novo cabeamento de fibra óptica, passando por sistema de biometria nas catracas, até a instalação de câmeras ao redor do gramado que medirão a performance individual dos atletas.

A ideia dessas câmeras é dar um retorno à comissão técnica sobre o rendimento de cada atleta. “Informar quanto ele correu, batimento cardíaco e o desgaste que teve na partida”, explicou Frank Koja, vice-presidente da IBM. “Usar a tecnologia para dar insights sobre o que está acontecendo. Usar os movimentos com câmera para proporcionar a comissão técnica performance individualizada e customizada”, prosseguiu.

As mudanças iniciais serão implementadas ao longo da próxima temporada, ainda sem prazo para dar retorno ao clube. Por enquanto, o sistema do Fiel Torcedor não deverá sofrer grandes alterações. Mas futuramente a ideia é trocar o cartão e torná-lo multiuso, incluindo um programa de pontos e integração com eventuais novos parceiros do Corinthians.

Na coletiva, também estiveram presentes os presidentes do Corinthians, Andrés Sanchez, e da IBM, Tonny Martins, e o diretor de marketing do clube, Luis Paulo Rosenberg. Os valores do novo acordo não foram detalhados.



Deixe seu comentário



expediente|circulação|quem somos|fale conosco|política de privacidade





© 2017 News Oeste - Todos os Direitos Reservados ®