Doria vai levar programa de combate ao tráfico para o Estado
O novo programa é considerado uma espécie de reciclagem do “De braços abertos”
O novo programa é considerado uma espécie de reciclagem do “De braços abertos”

25 de Novembro de 2018 - 23h01
O governador eleito de São Paulo, João Doria (PSDB), disse na sua conta do Twitter que levará o “Programa Redenção” para sua gestão estadual em 2019. Durante sua breve gestão na prefeitura de São Paulo, Doria trocou o projeto do prefeito anterior pelo seu. O novo programa é considerado uma espécie de reciclagem do “De braços abertos”, de Fernando Haddad, do PT.

“Para continuar com os esforços no combate ao tráfico e tratamentos dos dependentes químicos, vamos ter o Programa Redenção implementado no governo de São Paulo. O poder público vai agir e fazer o necessário para salvar vidas e colocar na cadeia quem lucra com o vício e sofrimento de outros”, escreveu.

Na época em que o programa de Doria foi criado, o objetivo do governador eleito era atuar de forma repressiva contra o tráfico na cidade, em especial o crack. Entretanto, o coordenador que escolheu para ficar à frente do programa, o psiquiatra Arthur Guerra, optou por flexibilizar a proposta e permitir que os dependentes químicos optassem pela redução de danos, saída oferecida pelo programa do ex-prefeito Fernando Haddad, ou pela internação, proposta de Doria.



Deixe seu comentário



expediente|circulação|quem somos|fale conosco|política de privacidade





© 2017 News Oeste - Todos os Direitos Reservados ®