Paraná Pesquisas aponta Bolsonaro com 60,6% dos votos válidos
No recorte de votos válidos são descartadas intenções de votos nulos, brancos e eleitores indecisos
No recorte de votos válidos são descartadas intenções de votos nulos e brancos e os eleitores indecisos

26 de Outubro de 2018 - 16h27
O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, lidera as intenções de votos válidos para assumir o Palácio do Planalto, com 60,6%. O candidato do PT, Fernando Haddad, tem 39,4%, uma diferença de 21,2% dos votos válidos. Os dados constam na pesquisa divulgada nesta sexta-feira (26) pelo instituto Paraná Pesquisas, contratada pela Revista Crusoé/O Antagonista.

No recorte de votos válidos são descartadas intenções de votos nulos e brancos e os eleitores indecisos. Considerando os votos totais, Bolsonaro tem 53% das intenções de voto, enquanto Haddad aparece com 34,4%. Também há 8,6% brancos e nulos. Uma parcela menor do eleitorado (3,9%) afirma que não sabe em que irá votar.

Motivos

O Paraná Pesquisas perguntou aos eleitores por qual motivo escolheram o candidato do PSL ou do PT. A principal razão para os eleitores optarem por Bolsonaro é que ele "representa a mudança". Em seguida, o motivo é "ser contra o Lula e o PT". A terceira motivação é ter "projetos anticorrupção".

No caso de Haddad, os eleitores escolheram o candidato, principalmente, "por não gostar do Candidato Jair Bolsonaro". Em seguida, surgem razões como "defesa da democracia" e "ser o candidato do ex-Presidente Lula".

Entre os eleitores de Bolsonaro, 91,3% disseram que a escolha é definitiva, mas 7,7% ainda podem mudar de ideia (0,6% dos eleitores não sabem ou não opinaram). Entre os eleitores de Haddad, 87,8% dizem estar decididos sobre o voto, enquanto 11,4% ainda podem mudar de ideia (0,8% dos eleitores não sabem ou não opinaram).

A pesquisa tem nível de confiança de 95% e margem de erro de 2%, para mais ou para menos, para os resultados gerais. O levantamento foi realizado em 160 municípios brasileiros entre os dias 23 e 25 de outubro deste ano e ouviu 2.120 eleitores. O estudo está registrado no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número BR-06785/2018.




Deixe seu comentário



expediente|circulação|quem somos|fale conosco|política de privacidade





© 2017 News Oeste - Todos os Direitos Reservados ®