100% de Adoração
Não dará Sua glória a nenhum outro deus, ou Sua honra a imagens de escultura
Não dará Sua glória a nenhum outro deus, ou Sua honra a imagens de escultura

14 de Setembro de 2018 - 09h48
“Não terás outros deuses diante de mim” (Êxodo 20:3). As abelhas operárias nascem, secam suas asas e já começam a trabalhar. Cada uma tem a sua tarefa. Algumas são enfermeiras, outras faxineiras, condicionadoras de ar, e outras ajuntam o néctar para fazer mel. Incrível é que, uma vez tendo começado a trabalhar, nunca mais param por toda sua vida! Não pegam férias, nem mesmo uma folga no fim de semana. Quando não podem trabalhar fora da colmeia, trabalham dentro ajudando a manter o lugar limpo e fazendo outras obrigações. As abelhas são, no entanto, máquinas incessantes que não saberiam o que fazer com tempo livre.

Tudo isto porque? Ela tem apenas um propósito na vida: Servir a rainha. Seu senso de adoração é tão absurdo que trabalham sem parar (com exceção da noite) do nascimento até morrerem. O centro de nossa vida também é adorar. Somos adoradores compulsivos. Dizer isto a um cristão é meio confuso porque em nossa cabeça, adorar é apenas quando montamos um altar e ali oferecemos dádivas ao deus que reverenciamos. Mas a Bíblia enxerga o assunto bem mais amplamente. Cada minuto de nossa vida, tudo o que fazemos, cada desejo, gosto, vontade, trabalho e objetivo tiveram um motivo: Queremos adorar. A grande pergunta é: Quem ou o que adoramos? Várias coisas. Alguns adoram os filhos, trabalho, casa, o dinheiro, o status social, a fama, a beleza própria, a sensualidade, o jogo, artistas, jogadores, etc.

Tudo isto revela o centro de nossa adoração: Nosso eu. Adoramos todas estas coisas, pois na verdade elas satisfazem nossos desejos e natureza. Por isto as usamos para saciar nossa sede de adoração. Mas aí vem Deus, e coloca como início de Sua Lei, o ponto central de nossa existência: Você precisa rever sua adoração para que possa ser feliz. Este mandamento ensina que: Deus existe e que decidiu revelar-Se; Não dará Sua glória a nenhum outro deus, ou Sua honra a imagens de escultura; Nada menos do que a totalidade de nossas vidas deve estar sob o senhorio de Deus; Deus quer, só, Ter a preeminência em Seu povo e exercer Seu direito em plena medida.

A idolatria é um declínio para a anormalidade, e não um estágio anterior que gradualmente e com dificuldade é superado. Deus condena qualquer tipo ou nível de idolatria, visível ou invisível. Deus não quer que separemos um tempo por dia para Ele. Também não quer ser lembrado nas datas especiais. Nem tão pouco ser convidado a estar em nossa vida. Deus quer o único lugar que Ele merece em nossa vida; O trono da alma. Quer exclusividade. Ser o Único. Ou Ele é Único, ou não será mais nada para nós. Que lugar dará você ao Senhor?




expediente|quem somos|fale conosco|política de privacidade





© 2017 News Oeste - Todos os Direitos Reservados ®