Fase ruim de opções pode colocar Romero de volta à referência
Além de Roger e Jonathas, o treinador tem Matheus Matias como opção para o ataque
Além de Roger e Jonathas, o treinador tem Matheus Matias como opção para o ataque

10 de Setembro de 2018 - 10h42
Jair Ventura não confirmou, sequer ousou dar indícios do time do Corinthians que vai à campo contra o Flamengo na próxima quarta-feira, pela Copa do Brasil, mas admitiu uma possibilidade que deu certo quando testada por seus antecessores, Osmar Loss e Fábio Carille, ainda nesta temporada: Romero atuando como centroavante. Diante da falta de alternativas e do momento ruim das opções ofensivas, o paraguaio pode voltar a ser referência no Maracanã.

Após a derrota para o Palmeiras por 1 a 0 no clássico do último domingo, o recém-contratado treinador, que fez sua estreia no Allianz Parque, admitiu a possibilidade de Romero voltar a desempenhar a função de um camisa nove dando mais mobilidade ao time. Porém, rapidamente apontou a chance de mudança como pontual e motivada por uma necessidade.

“Lógico que tem essa chance de ele (Romero) atuar como centroavante. Temos que lembrar que o Roger não pode atuar na Copa do Brasil e o Jonathas ficou muito tempo parado, precisando adquirir a melhor forma física. O Romero é uma opção possível, é uma situação que pode ocorrer diante de uma necessidade”, disse Jair em sua entrevista coletiva.

Além de Roger e Jonathas, o treinador tem Matheus Matias como opção para o ataque. Porém, o jovem não recebeu muitas oportunidades com Loss e deve demorar a adquirir confiança de Ventura. Dessa forma, o paraguaio, uma das referências do elenco corintiano, pode voltar a desempenhar a função onde, recentemente, brilhou com gols na ausência dos companheiros e de opções confiáveis para a posição.

O camisa 11 ainda serviu, em outro momento da entrevista do comandante, de exemplo para a explicação da entrada de Gabriel na vaga de Mantuan, que saiu de campo com uma lesão e pode vir a ser mais um problema contra o Rubro-Negro carioca. Titular absoluto da lateral-direita, Fágner ainda não tem seu retorno confirmado, o que pode fazer com que mais uma improvisação seja promovida.

“Existem muitas possibilidades de adaptação. Além do Romero, tem o Gabriel também, que atuou comigo como lateral-direito, até em uma fase final de Campeonato Carioca no Botafogo. Acho que é uma adaptação por uma necessidade, com a ausência do Fágner e a lesão do Mantuan. Mas o Gabriel pode atuar com o Ralf, com o Douglas, depende da condição do jogo. Vamos definir todas essas possibilidades segunda e terça”, completou, aproveitando para fazer uma prévia do duelo pela Copa do Brasil.

“É um confronto de dois jogos. Nada será definido no primeiro jogo, mas conseguir um resultado fora é importante. A gente sabe que trazer para nossa casa, com a nossa torcida, onde somos fortes, é importante, ainda mais se for uma boa vantagem. Aquele que for superior vai se classificar e vamos trabalhar muito para ir à final, porque esse é um objetivo do clube, onde podemos levantar uma taça com poucos jogos que restam”, finalizou Jair Ventura.




Deixe seu comentário



expediente|circulação|quem somos|fale conosco|política de privacidade





© 2017 News Oeste - Todos os Direitos Reservados ®