Alckmin vai ao interior de São Paulo para recuperar os votos
Campanha do tucano tenta reagir ao avanço de Jair Bolsonaro (PSL) no mais tradicional reduto eleitoral
Alckmin vai ao interior para tentar recuperar votos no reduto tucano perdidos para Bolsonaro

31 de Agosto de 2018 - 11h14
Em uma tentativa de conter o avanço do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) em meio ao eleitorado paulista, a campanha do candidato Geraldo Alckmin (PSDB) apelou a militantes e dirigentes de partidos aliados no estado para promover o nome do ex-governador e desconstruir o adversário. Bolsonaro hoje lidera, com 22%, as intenções de voto em São Paulo, maior colégio eleitoral do país e “reduto” dos tucanos.

Após ter governado São Paulo por quatro mandatos, Alckmin tem 16% das intenções de voto no estado. Tucanos e aliados cobram uma atuação mais intensa do ex-governador em sua base eleitoral e temem que se repita na população paulista o mesmo fenômeno que levou Aécio Neves a perder as eleições presidenciais de 2014.
Naquele ano, o senador perdeu para Dilma Rousseff em Minas Gerais por uma diferença de 550.000 votos (52,4% a 47,6%). Se tivesse conquistado uma vitória folgada em sua terra natal, Aécio teria sido eleito.

Alckmin só dedicou dois dias de sua agenda para fazer campanha no estado após o início da corrida presidencial — visitou a cidade de Ribeirão Preto no último sábado e a comunidade de Paraisópolis, na capital, no domingo. Já Bolsonaro fez uma espécie de caravana paulista na semana passando por Presidente Prudente, São José do Rio Preto, Araçatuba, José Bonifácio, Glicério e Barretos.



expediente|quem somos|fale conosco|política de privacidade





© 2017 News Oeste - Todos os Direitos Reservados ®