Governo catalão terá de confirmar se declarou independência
O requerimento enviado pelo governo espanhol ao chefe do Executivo da Catalunha dá prazo de cinco dias
O requerimento enviado pelo governo espanhol ao chefe do Executivo da Catalunha dá prazo de cinco dias

17 de Agosto de 2018 - 10h06
Carles Puigdemont, presidente do governo regional da Catalunha, declarou a independência da região em relação à Espanha, mas suspendeu os efeitos em seguidaQuique García/Arquivo/EFE

O requerimento enviado pelo governo espanhol ao chefe do Executivo da Catalunha dá prazo de cinco dias (até segunda-feira, 16) para que a Generalitat confirme se declarou a independência da região. O documento estabelece ainda que o presidente catalão tem até quinta-feira (19) para retificar a decisão e restaurar a ordem constitucional.

Para Jordi Turull, porta-voz da Generalitat (governo catalão), a iniciativa de Mariano Rajoy, presidente espanhol, deixa claro que não há abertura para o diálogo. Em seu discurso no Parlamento na última terça-feira (10), Carles Puigdemont, presidente catalão, afirmou que a suspensão dos efeitos da declaração de independência tinham como propósito abrir caminho para o diálogo, numa tentativa de diminuir as tensões e propiciar um possível acordo.

Festa Nacional

Hoje (12), a Espanha comemora o Dia da Festa Nacional, uma data simbólica para o país. Em Madri, milhares de pessoas foram às ruas para acompanhar os desfiles que contam com quase 4 mil militares e membros da Guarda Civil e da Polícia Nacional.

O lema da festa este ano é “Orgulhosos de ser espanhóis”. Neste contexto de tentativa de independência da Catalunha, as comemorações acabaram ganhando um tom de manifestações pela manutenção da unidade do país, com milhares de pessoas carregando bandeiras espanholas e cartazes de apoio ao governo central.




Deixe seu comentário



expediente|circulação|quem somos|fale conosco|política de privacidade





© 2017 News Oeste - Todos os Direitos Reservados ®