Alckmin faz promessas para atrair Centrão
A candidatura de Geraldo Alckmin (PSDB) a presidente da República está em perigo
A candidatura de Geraldo Alckmin (PSDB) a presidente da República está em perigo

5 de Julho de 2018 - 19h44
No jantar com o Centrão (DEM, PP, Solidariedade, PRB) realizado na quarta-feira (4), para atrair o apoio desses partidos, Geraldo Alckmin fez algumas promessas. Ele falou que, se eleito, apoiaria Rodrigo Maia para a presidência da Câmara e falou em três possibilidades de vice: Flávio Rocha, Josué Alencar e Aldo Rebelo.

Foi um jantar difícil para o tucano. A plateia não parecia muito empolgada com sua candidatura. O DEM pediu que o PSDB desistisse da candidatura de Antonio Anastasia em Minas Gerais para beneficiar seu candidato, Rodrigo Pacheco. Fiel ao seu estilo, Alckmin não respondeu.

MUDANÇA?
A candidatura de Geraldo Alckmin (PSDB) a presidente da República está em perigo – se é que em algum momento jamais esteve desde que ele a aceitou há pouco mais de três meses. Nas últimas 72 horas, sob o comando do presidente Michel Temer e do presidente de honra do PSDB Fernando Henrique Cardoso, esquentou o complô para trocar Alckmin por João Doria.





Deixe seu comentário



expediente|circulação|quem somos|fale conosco|política de privacidade





© 2017 News Oeste - Todos os Direitos Reservados ®